Anuncie Aqui topo
teste
POLÍCIA CONTRA COVID

Ouvidoria Geral de Polícia acompanha condições de trabalho de agentes de segurança na prevenção ao coronavírus

Como serviço essencial, os agentes só param quando já sentem os sintomas

19/06/2020 16h57
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da Assessoria
Foto: PM-MT
Foto: PM-MT

A Ouvidoria Geral de Polícia está acompanhando os casos de Covid-19 entre os agentes da Segurança Pública do Governo do Estado de Mato Grosso. Nesta quinta-feira (18/06) faleceu mais um policial, desta vez da PM, decorrente do vírus que causa a pandemia. Welington Pereira Duarte, de 46 anos, 3º sargento da PM era lotado no Núcleo da PM de Santo Antônio do Leste (379 km de Cuiabá) e residia em Primavera do Leste (231 km de Cuiabá), sede do 11º Comando Regional.

A penitenciária de Alta Floresta registrou duas mortes de presos e vários agentes prisionais testaram positivo para o coronavírus. A contaminação nas cadeias públicas é um risco para os agentes e para a sociedade, já que o confinamento aumenta a carga viral, fator que amplia a transmissão.

A Ouvidoria Geral de Polícia vem acompanhando o avanço da pandemia no Estado de Mato Grosso. “Temos cobrado que os órgãos de Segurança Pública proporcionem os meios de prevenção para os agentes, que fazem parte dos serviços essenciais e não podem parar. É preciso oferecer condições de higiene nos locais de trabalho, álcool para as ações externas e orientação para o atendimento ao público”, afirma o Ouvidor Geral de Polícia, Lúcio Andrade.

O Corpo de Bombeiros Militar e a Polícia Militar têm realizado ações de apoio ao enfrentamento ao coronavírus, mas o trabalho diário expõe esses servidores ao risco. Diversas medidas vem sendo tomadas nas unidades como delegacias, núcleos da PM, Detran e companhias de bombeiros, mas o desafio exige comprometimento de todos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários