teste
Anuncie Aqui topo
Campanha Consertamos MT (outubro)
ELEIÇÕES CHAPADA

Três candidatos a prefeito de Chapada apresentam o plano de gestão à Justiça Eleitoral

Oswaldo Murad (Patriota), Jackson de Moraes (PRTB) e Ricardo Sarmento (DEM)

26/09/2020 09h07
Por: Everaldo Galdino
Fonte: Everaldo Galdino

Apenas três candidatos a prefeito de Chapada dos Guimarães apresentaram o plano de governo ao Tribunal Superior Eleitoral (STE), que está disponível no site http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/. São eles:  Oswaldo Murad (Patriota), Jackson de Moraes (PRTB) e Ricardo Sarmento (DEM). 

Oswaldo Murad parece que economizou o espaço no conteúdo de propostas.  Com um texto de 16 linhas, apresentou as principais diretrizes que pretende desenvolver na cidade, caso seja eleito. “Desenvolver, fomentar e ampliar a vocação ambiental de Chapada dos Guimarães - Serão nossas prioridades como gestores. É preciso garantir ao cidadão chapadense uma contrapartida às ações de preservação, o que seria possível com um programa contínuo em relação ao turismo que não se restrinja apenas aos finais de semana, mas que atraia o visitante com mais regularidade. A melhoria das estradas de acesso às comunidades rurais será outro foco do meu trabalho. Os moradores do entorno, o Agronegócio, como as diversas comunidades rurais, também precisam ser assistidos e contemplados com políticas públicas que garantam qualidade de vida. Na cidade precisamos de projetos voltados à moradia, saneamento básico, creches e a implantação de uma escola em tempo integral, além de incentivos ao esporte, investimentos na saúde básica e apoio à comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar”. 

Já Jackson Moraes (PRTB), o seu plano de governo está dividido em temas como água, saúde, coronovirus (Covid-19), emprego, turismo, zona rural, infraestrutura, transporte, educação, segurança, meio ambiente, saneamento básico, cultura e educação. 

“Nosso plano de governo é de trabalho, de honestidade, de compromisso com o eleitor, do querer, o sentimento querer é poderoso, sem o querer nada se faz, um governo de amor verdadeiro ao próximo. Vamos fazer a máquina pública a nossa prefeitura funcionar, com o mesmo orçamento, os maus políticos querem que acreditemos que nosso país, nosso estado e nossa cidade é pobre, isso é mentira, dinheiro têm o problema é que o poder está nas mãos do mau”, diz um dos trechos do documento do candidato chapadense. 

Outro candidato foi Ricardo Sarmento (DEM), da chapa “Juntos por Chapada”, que no conteúdo de campanha apresentou diretrizes que vão conduzir as políticas públicas, de forma mais humanizada, com a inclusão social das famílias, do Idoso, da criança e do adolescente. Além disso, propõe regularização fundiária, politicas prioritariamente voltadas para população de baixa renda e para aqueles que se encontram a margem da sociedade.  As diretrizes estão destinadas aos seguintes setores: politicas administrativas, sociais, saúde, educação, infraestrutura e logística, agricultura, pecuária, piscicultura, cultura, esporte e lazer. 

“Este Plano de Governo foi elaborado após ouvir diferentes ideias e ideais, de diferentes setores, objetivando uma construção coletiva e contou com a participação de pessoas que se destacam nas mais variadas áreas de atuação no Município”, diz um trecho das considerações finais do documento do democrata, que teve mais de 15 páginas. 

Já os candidatos Michele do Banco (PP), Luisão Ribeiro (PV), Paulinho Kero Mais (PSL), Gilberto Mello (PL) e Thelma de Oliveira (PSDB) ainda não tiveram o plano disponível no portal da Justiça Eleitoral.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários