teste
Anuncie Aqui topo
CASA INCENDIADA

Casa pega fogo e família perde tudo na região do Samambaia em Chapada dos Guimarães

Saiba como ajudar

05/10/2020 10h34Atualizado há 3 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da Redação

A casa de Dona Deolinda Miranda de 56 anos, pegou fogo na última quinta-feira (01.10), na região da Samambaia em Chapada dos Guimarães.

O fogo veio de uma região de mata nas proximidades e atingiu a casa, que por ser feita  de palha, queimou rapidamente. A família perdeu tudo: móveis, eletrodomésticos, alimentos e diante desta tragédia pede ajuda para reconstruir a vida.

Dona Deolinda vivia na pequena casa com seus dois filhos, Severino de 32 anos e Estevino de 29 anos. Severino é pedreiro e já estava construindo uma outra casa ao lado da que foi queimada, porém não está concluída.  

Jesuíno, trabalha em uma fazenda e estava na casa na hora da tragédia, foi ele quem ajudou a mãe a sair de casa, ele perdeu 1 carro e duas motos para o fogo.

Deolinda, fugiu para um córrego e ficou abrigada dentro da água. “Quando o fogo baixou nós procuramos minha mãe e fiquei com medo de não a encontrarmos mais. Ela tinha subido o córrego em direção ao rio e demorou para a encontrarmos”, conta Severino, ainda consternado.

No vídeo, Severino está com voz embargada e mostra o que o fogo destruiu. Até mesmo o cachorro da familia morreu no incêndio.

O Notícias de Chapada entrevistou a família que pede ajuda para reconstruir suas vidas, terminar a pequena casa que ainda está em construção e comprar alimento, móveis, materiais de construção e eletrodomésticos. Quem quiser e puder ajudar, basta entrar em contato com o telefone abaixo ou fazer depósito em uma das contas descritas.

Contato Severino: (65) 99188207

ESTEVINO DA SILVA RODRIGUE

Bradesco

Agencia: 598-3

CC: 12263-7

CPF: 030.500.291-51

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários