Campanha Consertamos MT (outubro)
teste
Anuncie Aqui topo
MAUS TRATOS

Chapada dos Guimarães tem primeiro caso no estado de prisão por maus tratos contra animais

“Foi a Primeira prisão do Estado do MT enquadrado na nova lei de maus tratos. Que sirva de EXEMPLO!”, alerta ativista

05/10/2020 12h15Atualizado há 2 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da Redação

Um homem foi preso neste sábado após denúncia de maus tratos contra animais. A denúncia foi feita pelo grupo SOS cães e Gatos que foi criado recentemente no município. 

Segundo um dos organizadores do grupo, Bruno Marrafon, um homem mantinha um animal amarrado e sem nenhuma proteção contra o sol ou chuva. Os Protetores do grupo SOS Cães & Gatos Chapada, foi acionado para auxiliar no atendimento dessa ocorrência, e quando confrontado o homem soltou o cão e começou a bater nele. 

O grupo chamou a Polícia, o homem foi conduzido à delegacia e está preso. O crime é inafiançável e o homem só recebeu soltura nesta segunda feira (5), após acionar advogado.

Bruno disse em sua rede social: “Foi a Primeira prisão do Estado do MT enquadrado na nova lei de maus tratos. Que sirva de EXEMPLO!!”, alerta. 

O grupo SOS cães & Gatos é uma iniciativa de moradores de Chapada dos Guimarães e se formou durante a pandemia com vista a preencher a lacuna gerada pelo descaso dos serviços públicos municipais para com o abandono de animais domésticos. O grupo lançou a ação entre amigos denominada SOS Cães & Gatos. O  objetivo do grupo é unir pessoas que querem ajudar na causa animal, promover campanhas de doações para a realização de castrações, poder auxiliar no socorro de animais em situações de maus tratos e cobrar do poder Publico sobre sua responsabilidade com a Causa

A mobilização visa também o combate à violência e maltrato contra cães, gatos e outros bichos; além de conscientizar a população sobre os problemas de saúde pública, causados pelo abandono e posse irresponsável.

4comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários