Anuncie Aqui topo
teste
MANIFESTO

Artistas de Chapada cobram diálogo e participação nas políticas culturais

Aplicação da Lei Aldir Blanc e obras em Centro Cultural estão entre as pautas na manifestação do Movimento Arte Chapada neste sábado (10)

09/10/2020 14h17Atualizado há 3 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Maria Clara Cabral

Criado para enfrentamento dos impactos da pandemia da covid-19 no setor cultural, o Movimento Arte Chapada – MAC, de Chapada dos Guimarães, se organiza para acompanhar a aplicação dos R$ 153 mil destinados à cidade pela Lei Aldir Blanc.

Para chamar a atenção da cidade a estas e outras pautas, artistas, artesãos, técnicos e produtores culturais realizam, neste sábado (10), uma manifestação pública, marcada para às 9h, na Praça do Festival.

Conforme convocatória do ato, frequentes atrasos no pagamento de trabalhos realizados para a Prefeitura Municipal e a falta de esclarecimentos referentes às obras do Centro Cultural de Chapada dos Guimarães são algumas questões que preocupam os artistas.

No momento, o MAC também se constitui como um contraponto à inatividade do Conselho Municipal de Cultura. Isso porque os artistas relatam que o movimento tentou estabelecer um diálogo com o Conselho Municipal de Cultura, visando a correta e democrática aplicação dos recursos da Lei, conseguindo uma reunião apenas após a intervenção do Ministério Público local visando a correta e democrática aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc.

“Nessa reunião o movimento foi informado que nenhum integrante da gestão 2018/20 se considerava mais como conselheiro em atividade. Só que fomos surpreendidos com a notícia de que a Prefeitura, por meio de decreto, prorrogou o mandato do Conselho de Cultura, que, mesmo sem número legal de conselheiros e sem nenhuma comunicação aos artistas, vai acompanhar junto à Secretaria de Cultura a aplicação dos R$153 mil liberados para a cidade”.

Entre ações já realizadas, o MAC criou o projeto ‘Pílulas de Consciência’ com produção da Cia. Alegrís e apoio da Prefeitura de Chapada dos Guimarães por meio da Secretaria Municipal de Cultura. Uma série de vídeos, com a participação de dezenas de artistas da cidade, compartilhando informações sobre a covid-19, cuidados e contaminação. Pelos quais os artistas ainda não receberam.

Entre outras atividades, o Movimento Arte Chapada busca angariar fundos e apoio para distribuição de Cestas Básicas entre os artistas e artesãos. É possível acompanha as ações pelo Facebook Instagram

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários