teste
ALDIR BLANC

Cartografia do Brincar é um dos projetos chapadenses aprovados pela Lei Aldir Blanc

Projeto de Micheli Sierra mapeia o “brincar” das crianças de Chapada

20/01/2021 11h01Atualizado há 1 mês
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da assessoria

O projeto Cartografia do Brincar - Brinquedos e Brincadeiras do Centro da América do Sul tem como objetivo mapear através de pesquisa, os brinquedos e brincadeiras praticados pelas crianças e adultos (fazedores de brinquedos) no centro da américa do sul, mais precisamente, no município de Chapada dos Guimarães – MT, trazendo a criança como portadora da voz de sua própria existência brincante e entendendo o ser humano produtor de cultura que, nessa fase da vida, é invisibilizado pela sociedade.

Como resultado dessa pesquisa será confeccionado um livro contendo um mapa conceitual, fotos e ilustrações das brincadeiras mais relevantes levantadas e será feita a distribuição nas escolas públicas e privadas do município de Chapada.

O brincar é o momento onde a criança explora o mundo, suas relações, seus conflitos, soluções e a partir disso, ela não apenas reproduz, ela elabora e produz cultura. Resgatar e registrar essa brincadeiras e brinquedos construídos pelas crianças é observar um mundo a ser construído e permitir um olhar para a infância de forma honesta, sem os filtros limitantes dos adultos que a moldam, a inibem. Possibilitando assim, uma abertura às contribuições que as crianças trazem para a sociedade.

A criança que vivencia uma rotina com menos contato com tecnologias têm, em suma, maior tempo para contemplação e usa todo o seu corpo nas brincadeiras e no ato de brincar. É através dessas crianças que o brincar se torna uma manifestação livre da infância. Sabendo que nas periferias e na zona rural o acesso às mídias é restrito por falta de recurso ou por falta estruturação do próprio sistema que faz o acesso chegar até as comunidades, é nesse ambiente que a pesquisa se mostra mais potente.

 Portanto visitaremos para coletas de dados : 12 comunidades rurais e 4 bairros periféricos do município de Chapada dos Guimarães - MT Como será a metodologia ?

Todo o processo de pesquisa será fotografado e registrado em pequenos vídeos pelos pesquisadores e esse material será exposto e amplamente divulgado através das redes sociais do projeto, sendo: Instagram/cartografia.do.brincar Facebook/cartografia.dobrincar Youtube/

Os livros produzidos serão distribuídos nas escolas municipais e estaduais situadas no município de Chapada dos Guimarães, para que seja semeado e multiplicado através dos professores esse olhar mais atento à importância do livre brincar. 

Micheli Sierra é Artesã brinquedista, bonequeira, palhaça, arte educadora e estudante de artes visuai, pesquisadora do brincar e do teatro de animação Fundadora da ALEGRÍS - BRINQUEDOS E BRINCADEIRA que difunde a cultura da infância através de oficinas e teatro de animação. Tem vasta experiência em programas sociais do governo federal com Peti, Mais Educação, Mais cultura nas escolas e há 3 anos atua como facilitadora de artes do CRAS Chapada dos Guimarães. Teve dois brinquedos que criou publicados no livro e exposição itinerante “BRINQUEDOS DO BRASIL - Invenção de Muitas Mãos” produzido pelo SESC Departamento Nacional.

 “O projeto Cartografia do Brincar - Brinquedos e Brincadeiras do Centro da América do sul traz o contexto da territorialidade do brincar e da potência da infância, onde a criança é protagonista e narradora de sua própria história. É uma viagem ao devir e um aprofundamento no imaginário, desvelando as contribuições da cultura da infância para um mundo melhor” ressalta Micheli.

REDES SOCIAIS DO PROJETO:

Instagram: @cartografiadobrincar

Youtube: Cartografia do Brincar

Facebook: Cartografica do brincar

 

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários