teste
BARCO NO CERRADO

Barco no Cerrado tem novas apresentações em Chapada dos Guimarães

Espetáculo de dança de Cia Chapadense tem exibbições de 4 à 6 de fevereiro

04/02/2021 10h54Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da assessoria

Barco é um espetáculo de dança contemporânea do Pepalantus Núcleo, produzido de forma independente, que estreou em 2017 e já foi apresentado por diversas vezes em Mato Grosso e São Paulo.

Sua gênese disparadora representa os conflitos dos seres à deriva. Nessa temporada o Pepalantus Núcleo circula o espetáculo de dança pelo estado de Mato Grosso, e diante do aumento da propagação do Coronavírus será uma circulação virtual.

Serão doze apresentações transmitidas nos municípios de Chapada dos Guimarães, Cuiabá e Rondonópolis. As apresentações do espetáculo serão gravadas em diversas localidades do município de Chapada dos Guimarães buscando evidenciar as paisagens do cerrado e sua dramaturgia, e transmitidas através do canal de Youtube do Pepalantus Núcleo e de redes sociais de espaços culturais e escolas públicas em cada município abrangido pelo projeto.

Aproveitando a época das chuvas será realizada entrega de sementes do cerrado para que em sua passagem por estas regiões o Barco possa ajudar no reflorestamento de áreas atingidas pelas queimadas de 2020. Neste novo formato, as sementes serão usadas como elemento cênico durante uma das cenas, e posteriormente serão destinadas aos espaços parceiros, e entregues ao público através dos mesmos.

O Barco que traz memórias de mar assim como esse solo cerrado almeja adentrar também as águas doces e a secura de alguns territórios. Ir ao encontro das curvas dos rios, das árvores e dos olhares. É momento de se encontrar com o vento e navegar! 

Confira cronograma de apresentações:

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários