teste
TRATAMENTO DE COVID

MPE requer informações sobre bloqueio para regulação de leitos de UTI

Dos 21 leitos de UTI bloqueados para regulação, 10 estão no Hospital São Benedito e 11 no antigo Pronto Socorro de Cuiabá

07/02/2021 10h21Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: MPMT

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 7ª Promotoria de Justiça Cível de Tutela Coletiva da Saúde, estabeleceu o prazo de 48 horas para o Município de Cuiabá informar o motivo e até quando será mantido o bloqueio para regulação de 21 leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) para tratamento da Covid-19. No ofício encaminhado à secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix Soares de Souza, o MPMT ressalta que sem a regulação dos referidos leitos, a taxa de ocupação de equipamentos de UTI para Covid-19 alcança o percentual de 80%.

Segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde divulgado na sexta-feira (05), dos 21 leitos de UTI que estão bloqueados para regulação, 10 estão no Hospital São Benedito e 11 no antigo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. Existiriam ainda mais três leitos de UTI pediátricos no antigo Pronto Socorro, todos sob gestão do Município.

O promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes ressalta no ofício que o Município deverá apresentar documentos aptos a corroborar a resposta.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários