teste
LEVE GUARDA-CHUVA

Inmet alerta que chuvas continuarão fortes no Centro-Oeste e Sudeste

Causas são a influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul

08/02/2021 12h29Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Agência Brasil
Marcelo Camargo / Agencia Brasil
Marcelo Camargo / Agencia Brasil

As fortes chuvas registradas recentemente nas regiões Centro-Oeste e Sudeste deverão se manter nos próximos dias. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a situação decorre da influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul, que costuma ocorrer durante o verão no país, trazendo, para essas regiões, o ar úmido e quente com origem na Região Norte. 

“Isso ocorre normalmente durante o verão. Esse fenômeno é responsável pelas chuvas volumosas e as nuvens densas que vemos nessas regiões, até desembocar no Oceano Atlântico”, explica o meteorologista do Inmet Heráclio Alves. 

De acordo com o meteorologista, na Região Centro-Oeste as chuvas se concentram mais no norte/nordeste do Mato Grosso, onde os volumes mais expressivos de chuvas ficaram acima de 60 mm apenas na primeira semana de fevereiro. “O normal para essa área varia entre 160 mm e 180 mm durante todo o mês”, explica Alves.

Em várias localidades do centro-norte de Goiás, região que inclui o Distrito Federal, o índice pluviométrico já ultrapassou os 100 mm. Os maiores acumulados, nesses primeiros dias de fevereiro, já estão em 179 mm, quando o esperado para o mês inteiro é 183 mm. “Cerca de 98% do previsto para todo fevereiro já choveu apenas na primeira semana do mês nessas localidades”, detalhou o meteorologista. 

Previsão

Segundo o Inmet, o sistema de convergência responsável pelas chuvas nessas regiões se manterá nos próximos dias principalmente na região central de Minas Gerais e Tocantins, bem como no norte do Mato Grosso e no norte e leste de Goiás. 

O meteorologista alerta que os solos dessas regiões já estão encharcados e, com a continuidade das chuvas, sugere à população que acompanhe as informações disponibilizadas pela Defesa Civil local e federal, e por meio do site do Inmet. Sugere também que as pessoas evitem, diante de chuvas e trovoadas, se proteger em áreas descampadas.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários