teste
MANDIOCA

Empaer lança cartilhas técnicas sobre flores tropicais e processamento de mandioca para agricultores de MT

O objetivo é fornecer um conjunto de práticas recomendáveis com garantia de rendimento, menor custo de produção e conhecimento técnico

17/02/2021 18h35Atualizado há 3 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Rosana Persona | Empaer-MT

A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) lançou, nessa terça-feira (16), duas cartilhas técnicas, uma sobre flores tropicais e outra que aborda o processamento da mandioca em Mato Grosso. A impressão de 2400 exemplares foi doada pelo deputado estadual Max Russi. As cartilhas serão entregues para os agricultores familiares com objetivo de fornecer um conjunto de práticas recomendáveis com garantia de rendimento, menor custo de produção e conhecimento técnico das principais necessidades para a implantação das culturas.

A diretora de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) da Empaer, Selma Rodrigues de Morais, destaca a importância das cartilhas e complementa que a mandioca é considerada a segunda cultura mais importante da cadeia produtiva no Estado, ficando atrás apenas da pecuária de leite. E esclarece que o cultivo de flores tropicais representa um dos promissores segmentos para os agricultores na comercialização e distribuição de flores e plantas cultivadas com fim ornamental. “Estes materiais podem auxiliar o produtor a produzir e utilizar tecnologia para o desenvolvimento das culturas”, esclarece.

O assessor do deputado Max Russi, Aparecido Alves, externou que o parlamentar reconhece a importância da agricultura familiar para a economia de Mato Grosso e agradeceu o empenho dos pesquisadores e extensionistas da Empaer pelas informações técnicas contidas no material. “A cartilha foi impressa com recursos do parlamentar, que tem um carinho especial pela agricultura familiar”, esclarece.

O material impresso sobre mandioca foi elaborado pelos extensionistas Lindelzi Souza Costa de Lima e Liduíno João de Lima, e a pesquisadora Dolorice Moreti. A cartilha aborda o processamento e fabricação de farinha e a qualidade do produto final para o consumidor. Segundo Lindelzi, este documento reúne informações sobre as raízes de mandioca e toda a cadeia produtiva, visando melhorar a qualidade e a rentabilidade do produto.

A cartilha de flores tropicais conta com a autoria da pesquisadora Eliane Maria Forte Daltro, do técnico agropecuário Guilherme Araújo Neves e da bibliotecária Eunice Oda. O projeto inédito de pesquisa estuda, há 10 anos, a viabilidade produtiva das flores e folhagens. Conforme Eliane, o Estado  possui excelentes características de solo e clima, além de localização geográfica privilegiada para o desenvolvimento de uma floricultura eficiente e competitiva. A atividade de produção de flores possibilita múltiplas formas de exploração e diversidade de cultivo que podem ser: produção de flores de corte, plantas envasadas, folhagens, plantas de interior e viveiros de produção de mudas para jardins.

Quem tiver interesse no material impresso pode contatar a Empaer pelo telefone (65) 3613 1737.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários