teste
PRATICIDADE

Cidadão pode parcelar débitos de veículos por cartão de crédito em algumas empresas credenciadas

A orientação do Detran-MT é que o cidadão realize uma simulação entre as empresas para verificar a oferta de parcelamento mais vantajosa

18/02/2021 11h03Atualizado há 3 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Lidiana Cuiabano | Detran-MT

Os cidadãos que desejam parcelar os débitos do veículo no cartão de crédito podem consultar as empresas credenciadas no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT). CONSULTE AQUI AS EMPRESAS

A orientação do Detran/MT é que o cidadão realize uma simulação entre as empresas para verificar qual a oferta mais vantajosa de parcelamento.

Com as empresas credenciadas, o cidadão poderá parcelar todos os débitos vencidos e a vencer, incluindo os valores deste ano, para viabilizar o Licenciamento do veículo.  

São: taxa de Licenciamento, inscrita ou não em dívida ativa; Seguro DPVAT; IPVA, inscrito ou não em dívida ativa; e infrações de trânsito municipais, estaduais e federais como infrações da Semob, Detran, Sinfra, PRF e DNIT.

Desde que iniciou o serviço, em outubro de 2019, até este mês já foram parcelados quase R$ 20 milhões em débitos veiculares. “O parcelamento é uma forma de disponibilizar aos proprietários de veículos alternativa para quitar seus débitos à vista ou em parcelas mensais, saindo da inadimplência e com a imediata regularização da situação do veículo”, ressaltou o presidente do Detran/MT, Gustavo Vasconcelos.

Atualmente, o Detran/MT conta com oito empresas credenciadas junto à autarquia para realizar o serviço, que pode ser feito de forma online.

Pagamento com cartão

No momento da negociação dos débitos para pagamento, a empresa credenciada deverá demonstrar, detalhadamente, a formação dos custos do valor da dívida, identificando cada débito parcelado, taxa de juros aplicada e o número de parcelas escolhidas pelo proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com até três cartões de crédito diferentes, independentemente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários