teste
ESCRITA AFETIVA

Filósofa chapadense oferece monitoria em processo afetivo de escrita

“A escrita como potência e não opressão”

19/02/2021 17h21
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da redação - Com assessoria
Foto por: assessoria
Foto por: assessoria

A filósofa Malu Jimenez, conhecida pelo seu ativismo contra a gordofobia oferece monitoria sobre "Escritas Afectivas", no curso, Malu propõe que em 5 aulas de 2hs cada, e exercícios, a pessoa consiga ter um reencontro afetivo com sua história, e acabe vivenciando um acontecimento/encontro com sua escrita.⠀

(Re)existindo e superando traumas, medos e inseguranças construídos sobre o processo de "escrever" na construção conflituosa e incômoda que desenvolvemos dentro da maioria das instituições de ensino desde nossas infâncias, que tanto paralisa nosso escrever.⠀

“A proposta é entender a escrita como potência e não opressão, ser afectado, afectar e deixar-se afectar. Vida e escrita se fundem no processo de criação que afectam nossa maneira de estar e viver no mundo” diz Malu.⠀

Malu é também criadora do projeto Lute Como Uma Gorda e fundou o Grupo de Estudos Transdisciplinares do Corpo Gordo no Brasil e vive hoje em Chapada dos Guimarães.

Para participar acesse: https://lutecomoumagorda.home.blog/ e se inscreva

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários