Pelé supermercado
Selko Internet superbanner
AÇÃO HUMANITÁRIA

Instituto de Estudos Socioculturais e PM de Chapada pedem colaboração para ajudar mais vulneráveis

"Se unam a nós, nesta tarefa de combate à fome, e melhor enfrentamento à pandemia"

24/03/2021 08h54Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da assessoria

A Pandemia tem atingido a todos, de todas as classes sociais. Mas a defesa, contra o vírus da COVID, não é igual.

A população mais vulnerável, sofre de maneira muito mais intensa, e cruel, desde a falta de alimentos à produtos básicos, de higiene.

O IESC – INSTITUTO DE ESTUDOS SOCIOCULTURAIS de Chapada sob direção da historiadora Amélia Alves e a 1ª Cia da PM de Chapada, sob o comando do Ten.Coronel Cabral, retomam a Ação Humanitária Conjunta, iniciada em abril de 2020.

A prioridade se restringe ao atendimento das comunidades da ZONA RURAL do município. Regiões distantes e de maior carência, neste momento.

O grupo pede que a sociedade chapadense e àqueles que possuem residência de veraneio, que se unam a eles, no combate a fome, para que as pessoas tenham melhor enfrentamento à pandemia.

Segundo coordenação do IESC, eles farão seleção das famílias mais carentes junto ao CRAS, às lideranças comunitárias e agentes de saúde, para trabalho conjunto, de maneira que o maior número delas, seja atendido.

Como colaborar:

Os alimentos e produtos de higiene, podem ser entregues no Batalhão da PM de Chapada dos Guimarães ou os doadores podem entrar em contato com o telefone (65) 996149409.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários