Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
LÁBIO LEPORINO

Na Semana da Nutrição e Saúde, dedicada a crianças com fissura labiopalatina, Smile Train lança manuais de nutrição

A programação, realizada de forma online, foi elaborada com curadoria de profissionais do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (USP)

25/03/2021 14h44Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da Assessoria

Inspirada na celebração do Dia Nacional da Saúde e Nutrição, marcada para 31 de março, a Smile Train, maior organização do mundo dedicada à causa da fissura labiopalatina, realiza a Semana da Nutrição e Saúde com uma programação voltada à educação de profissionais da saúde especializados e famílias, abordando a importância da alimentação durante os essenciais “primeiros 1.000 dias de vida da criança”.

A programação, realizada de forma online, foi elaborada com o apoio e curadoria de profissionais do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais HRAC-USP - Centrinho de Bauru, um dos maiores centros de referência em ensino, pesquisa e tratamento de fissuras labiopalatinas do mundo. Contará com duas lives, em que especialistas abordarão temas nutricionais, e com o lançamento de três manuais digitais que servirão de suporte para a educação alimentar dessas famílias, com orientações referentes à amamentação, introdução de novos alimentos, alimentação no pós-cirúrgico, e um guia de medidas antropométricas.

As lives da série Pergunte ao Especialista, que acontecem às 20h de Brasília no próximo dia 29 (segunda-feira) e no dia 1º de abril (quinta), são gratuitas e serão transmitidas pelo Facebook da Smile Train Brasil, quando os especialistas esperam tirar dúvidas e fazer esclarecimentos sobre a importância da nutrição e os cuidados com a alimentação no período após as cirurgias.

Em Cuiabá, a Smile Train está presente há muitos anos e apoia com recursos educacionais e financeiros cirurgias para fissuras e os tratamentos integrais complementares em dois centros parceiros, a Fundação Uniselva, localizada no Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) e no Hospital Geral Universitário (HGU).

A organização empodera profissionais de saúde locais com recursos educacionais e financeiros para proporcionar gratuitamente cirurgias de fissura labiopalatina e atendimentos complementares em todo o mundo. Estes são apoiados por programas com serviços de ortodontia, fonoterapia, apoio psicossocial e nutricional durante todo o ano.

Como base para seu programa de nutrição, a Smile Train Brasil segue os conceitos preconizados nos “Primeiros 1.000 Dias”, que compreendem os 270 dias da gestação, mais os 730 dias do nascimento até que cada criança complete dois anos de idade, e que representa a etapa mais importante para o desenvolvimento físico e mental da criança. Esse período é fundamental para o desenvolvimento dos sistemas nervoso e imunológico e para formação de bons hábitos alimentares, que contribuem e muito para que se torne um adulto saudável.

Segundo a OMS, uma alimentação adequada durante os primeiros 1.000 dias compreende uma dieta equilibrada da mãe na gravidez, mais o aleitamento materno exclusivo (sempre que possível) nos seis primeiros meses de vida do bebê‚ somado à introdução de alimentos, como água, sucos, chás e papinhas a partir dos seis meses.

É o que relata a família do pequeno Henrique, do Rio de Janeiro, que nasceu com uma fissura labiopalatina e logo que começou o tratamento, com apenas um mês de vida, apresentava algumas dificuldades na alimentação, contornadas com o apoio da nutricionista Rosana Macedo e da pediatra Sônia Paredes do CTAC-UERJ, um dos 40 centros de referência da Smile Train no Brasil.

“Henrique teve dificuldade para ganhar peso e isso foi me deixando muito nervosa. Fiquei preocupada porque o ganho de peso influencia muito na hora de fazer a cirurgia. Então daí veio o meu maior medo, o de não conseguir fazer a cirurgia na hora certa”, comenta Karen, mãe de Henrique, que fez a cirurgia de lábio e de palato no início de setembro de 2020. 

Para Suely Prieto de Barros, nutricionista há 35 anos no HRAC-USP e atual conselheira do programa de nutrição da Smile Train Brasil, “não existe saúde, não existe crescimento e desenvolvimento, se não tiver alimentação balanceada”. 

Segundo Mariane Goes, diretora para América do Sul da Smile Train, “a desnutrição nos primeiros 1.000 dias de vida pode causar danos irreversíveis cognitivos na fase adulta. A qualidade da alimentação é fator decisivo para a garantia de uma vida saudável que permita que a primeira cirurgia de fissura aconteça no tempo correto. Atualmente, estamos investindo em pesquisas científicas e ferramentas que impactem na educação alimentar para esses bebês e no fortalecimento de seu sistema imunológico.” 

Sobre a Smile Train

A Smile Train capacita profissionais de saúde locais com recursos educacionais e financeiros, a fim de oferecer gratuitamente cirurgias de fissura labiopalatina e atendimentos complementares em todo o mundo. A instituição propõe um modelo de saúde escalável globalmente e uma solução sustentável para o tratamento integral de fissuras, melhorando drasticamente a vida das crianças, incluindo sua capacidade de comer, respirar, falar e, por fim, prosperar.

Para saber mais sobre o impacto da abordagem sustentável da Smile Train no curto e longo prazo, visite smiletrainbrasil.com.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários