Pelé supermercado
Selko Internet superbanner
CONTINUA PRESO

Tribunal de Justiça nega habeas corpus de homem acusado de assassinar Josuel Matos

O crime aconteceu em janeiro deste ano no bairro Sol Nascente em Chapada dos Guimarães

17/04/2021 09h15Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da Redação
A vítima Josuel Matos; Foto: Arquivo da família - Facebook
A vítima Josuel Matos; Foto: Arquivo da família - Facebook

O Tribunal de Justiça (TJ/MT) negou habeas corpus e manteve prisão de E.M.D.S.S, acusado de matar Josuel Ferreira Matos Neto a facadas em Chapada dos Guimarães em janeiro deste ano.

Ele foi apontado como autor da facada e o homicídio que ocorreu no bairro Sol Nascente – uma testemunha teria presenciado o crime.

A defesa afirmou que o cliente possui bons antecedentes, trabalho lícito e residência fixa, “demonstra a ausência do periculum libertatis, pois não teria motivos para tumultuar a ordem social, foragir do distrito da culpa ou atrapalhar o bom andamento processual, tornando ilegítima a sua manutenção em cárcere provisório”, requerendo assim a revogação da prisão ou substituição por medidas cautelares.

O relator do HC, desembargador Gilberto Giraldelli, em seu voto afirmando que “não vislumbro motivos para, nesse momento, revogar a ordem prisional imposta ao paciente ou substituí-la por providências cautelares menos severas, uma vez que tudo leva a crer que estas seriam ineficazes para garantir que, uma vez em liberdade, o paciente não voltaria a tumultuar a ordem social, já que se mostrou aparentemente frio e indiferente à vida humana”. 

“Portanto, idoneamente justificada a decisão segregatícia, não existe qualquer ilegalidade, abuso de poder, teratologia ou constrangimento ilegal a ser sanada na via eleita. Por tudo o que foi exposto, DENEGO A ORDEM de habeas corpus impetrada em favor de E.M.D.S.S, mantendo, por conseguinte, a prisão preventiva contra ele decretada nos autos de origem”, diz trecho da decisão.

5comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários