Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
BIBLIOTECA MUNICIPAL

Prefeitura inicia estudos que visam reativação da biblioteca pública de Chapada dos Guimarães

Biblioteca Pública Irmã Maria Fidélis esta desativada desde 2018

21/04/2021 16h55
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da assessoria

Em uma ação conjunta, a Prefeitura de Chapada dos Guimarães irá reativar nos próximos dias a Biblioteca Pública Irmã Maria Fidélis, desativada desde 2018. O prefeito Osmar Froner esteve reunido nesta semana com a coordenadora Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso (SEBPMT), os secretários municipais Benedito Lechner (Educação) e Alexandre Barão (Turismo, Cultura e Meio Ambiente), e representantes do Instituto de Estudos Socioculturais (IESC), para dar início ao levantamento das condições da estrutura física e acervo do local.

A biblioteca municipal foi criada 1973, por meio de uma lei sancionada pelo então da época Silvino Moreira da Silva. A biblioteca está anexa ao Centro de Atendimento ao Turista (CAT), e nos últimos anos teve parte de seu acervo perdido por conta da chuva, umidade e mofo.

De acordo como secretário Alexandre Barão, que chefia a Pasta responsável pela biblioteca, trata-se de uma ação conjunta, envolvendo as secretarias de Turismo e Educação, e com participação da sociedade civil organizada.

“Junto com nossos parceiros, vamos devolver à população um equipamento importantíssimo para a cultura de Chapada dos Guimarães. Beneficiando principalmente os jovens chapadenses e estudantes, auxiliando nas pesquisas escolares, bem como a preservação do nosso patrimônio”, disse Barão.

O prefeito Osmar Froner destaca a importância da reabertura da biblioteca pública. “Tivemos um grande avanço nesta reunião, e acreditamos que este espaço será novamente reativado e utilizado pela população de Chapada, trazendo conhecimento, informação e transformação”, disse.

De acordo com do SEBPMT, entidade ligada à Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SECEL), Waldinéia Ribeiro de Almeida, em muitos municípios a biblioteca é o único equipamento cultural existente capaz de proporcionar acesso à leitura, memória e cultura.

“Nosso setor regulamenta as bibliotecas dentro do estado de Mato Grosso. Nosso papel é regulamentar e estruturar estes espaços para que eles possam ser utilizados pela sociedade. Desde 2013 a gente já vem analisando o caso da biblioteca de Chapada dos Guimarães, fazendo visitas técnicas, vistorias, denúncias do equipamento fechado e abandonado, ou seja, não estava funcionando adequadamente”, disse a coordenadora.

O Instituto de Estudos Socioculturais (IESC), dirigido pela historiadora Maria Amélia, é parceiro da Prefeitura e faz um trabalho voluntário, colaborando com reativação do local. De acordo com Maria, essa ação é uma reivindicação antiga da sociedade.

“É de interesse não só da prefeitura, mas da comunidade e da sociedade civil. Por isso, nunca paramos com essa luta pela reabertura da biblioteca. É importante que outras entidades também participem e contribua com esse projeto”, disse.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários