Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
COMITÊ DO FOGO

Comitê do fogo será criado em Chapada dos Guimarães

A documentação para a criação do Comitê será enviada à Câmara Municipal para análise e votação nesta semana

14/06/2021 20h07Atualizado há 2 meses
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da redação

 Um “Comitê do Fogo” será criado em Chapada dos Guimarães com o intuito de fazer a prevenção e combate aos incêndios florestais, mas para além disso, ele trabalhará com a recuperação de áreas degradadas, revitalização das nascentes, entre outras diversas ações de conservação e preservação do meio ambiente no município.

Nesta semana houve uma reunião para a integralização das forças, onde participaram entidades que farão parte do Comitê: SEMA, Bombeiros, ICMBio, Poder Judiciário, Aeronáutica  Dtcea, Polícia Militar, Polícia Judiciária Cívil, Câmara Municipal,  Secretaria Municipal de Planejamento, Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Agricultura, Conselho Municipal de Meio Ambiente ( COMDEMA), SOS Pantanal, Câmera de Dirigentes Logistas ( CDL ), Brigada Rural voluntária Vale da Benção, Brigada Rural voluntária Vale do Jamacá,  SAAE,  Defesa Civil Estadual e  Sindicato Rural.

De acordo com os organizadores do Comitê, este será um movimento de AÇÃO e não só de caráter aconselhador. O Comitê executará ações efetivas não só no período de queimadas, mas sim durante o ano inteiro.

A documentação para a criação do Comitê será enviada à Câmara Municipal para análise e votação nesta semana.

Os incêndios que atingiram Chapada dos Guimarães em 2020 destruíram mais de 6 mil hectares da área de proteção ambiental, o que equivale a seis mil campos de futebol. Em 2019 foram 50 mil hectares destruídos, sendo 7,5 mil dentro do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

Os dados assustadores do poder devastador do fogo são do G1MT.

O vereador Jonas Galdério e o funcionário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente Robson Luiz, registraram o “Olho D´Água” quase seco. Este é uma das principais fontes que abastecem a mais importante captação de água de Chapada, a “Monjolo”. Este é um ano que promete uma das maiores secas vista em anos.

Serão tempos difíceis para Chapada e todo estado de Mato Grosso que ainda amarga os danos causados no último ano. O Comitê Municipal de Gestão do Fogo promoverá ações de prevenção, monitoramento e controle das queimadas e dos incêndios florestais, visando reduzir a incidência desses eventos em Chapada.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários