Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
NOVO MORADOR

Xô Dito subiu a serra

Thyago Morão fala sobre projetos artísticos e mudança para a cidade de Chapada

19/06/2021 09h25
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Hadassah Luz

Atuar, dirigir, produzir conteúdo para a internet, essa é a rotina do carismático e talentoso artista, Thyago Mourão. Intérprete dos personagens Xô Dito, Wyllon entre outros. Thyago revela ao Notícias de Chapada como tem sido sua rotina durante a Pandemia da Covid-19 e sua mudança para a cidade de Chapada dos Guimarães. O artista fala também de parcerias e novos projetos. 

“Morar em Chapada sempre foi um desejo pra mim, sentir esse modelo de vida mais conectado com a natureza. Estar aqui nesse momento, pra mim é muito importante, porque é a realização dessa vontade e é um momento oportuno para eu criar coisas novas, planejar meu futuro artístico. Eu estou desenvolvendo alguns projetos e esse silêncio, essa calmaria, essa energia tem sido bem legal para que isso aconteça, para trabalhar em cima dessas novas perspectivas”. 

Thyago tem aproveitado o tempo para desenvolver vários projetos, entre eles, o disco que está produzindo com as músicas do personagem Xô Dito. O artista revela também que está escrevendo coisas relacionadas ao audiovisual, ele já recebeu dois prêmios importantes, um nos Estados Unidos e outro na Índia. 

“O processo criativo em Chapada tem sido de escrever, terminar meu disco com Monarco que é um amigo produtor que mora em Chapada também. Então quero aproveitar esse período para estar mais perto dessa produção, trocar mais ideias com ele, continuar com as minhas produções de conteúdo, e com esse sossego para desenvolver meus planos. É uma rotina de trabalho normal, só que com essa calmaria que ajuda mais na criatividade”. 

Outro grande nome que agrega a carreira de Mourão, é seu parceiro de cena em vários projetos, o ator e comediante Eduardo Butakka, juntos, eles formam uma parceria de sucesso. 

“Eu e o Eduardo Butakka temos alguns espetáculos juntos, e nos espetáculos que a gente tem solo, o Edu é meu diretor e eu sou diretor dele, então no solo dele eu faço a direção do show dele, ele é uma pessoa que eu confio muito para tudo e enfim, artisticamente é a pessoa que eu mais confio e que eu mais trabalhei durante toda minha vida, a gente se conhece muito bem, tem muita sintonia”.

Sem previsão de quando voltará à rotina normal de shows, o artista tem se dedicado também aos seus personagens Xô Dito e Wyllon, ambos são figurinhas carimbadas nas redes sociais. 

Websérie

Thyago lançou em maio a websérie “Xô Dito e Wylon”, onde ele representa seus dois personagens que vem fazendo sucesso durante a pandemia, na rede do Instagram. As gravações acontecem na maior parte em Chapada dos Guimarães, na casa do artista, mas Thyago também grava Cuiabá e chegou até o Rio de Janeiro, pra onde Wylon fugiu. O roteiro é traçado com a participação do público que o segue no perfil @thyagomourao. 

A saga mostra a relação dos personagens Wylon e Xô Dito. Xô Dito é um pantaneiro, ribeirinho que tem defendido a natureza e a cultura pantaneira por onde passa. Ele, que conhece de perto a realidade do povo, traz um pouco das suas vivências e histórias de forma bem humorada. Wylon, sobrinho do Xô Dito, é um garoto de alto-estima elevada, que vive devendo os outros e sempre dá um jeito de se sair bem das situações. Canta pagode, seu gênero musical preferido, e distribui cantadas nas redes sociais. Famosas como Rafa Kalliman e Cléo Pires já foram suas “vítimas”. 

A web série, foge do formato tradicional de produção, pois Thyago acredita que esse formato de estética mais simples aproxima mais as pessoas. O ator se encarrega de toda a parte técnica de filmagem, produção e edição. “Mas o público participa comigo da melhor parte, que é o roteiro da história “, destaca Thyago. 

Quanto ao tempo de permanência na cidade, ele afirma que está vivendo um estado de presencialidade. 

“O ponto positivo de morar em uma cidade grande é a velocidade das coisas como tudo acontece, para quem gosta da correria é interessante, mas eu acho que nesse momento tem sido muito difícil para quem mora em uma cidade muito com característica de metrópole, porque está tudo muito intenso, o isolamento por causa da pandemia, então, morar mais perto da natureza em um lugar mais calmo é um trunfo para quem tem essa possibilidade. Eu vejo essa mudança com muita positividade, não enxergo aspecto negativo de estar em Chapada nesse momento, acho que a conexão com a natureza estabiliza a gente”. Finalizou.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários