Pelé supermercado
Selko Internet superbanner
DISK DENÚNCIA

Tráfico de drogas, estelionato e maus tratos contra animais lideram ranking de denúncias anônimas

De janeiro a junho, o Disque-Denúncia da Polícia Judiciária Civil (197) e o Disque Denúncia Estadual (181) receberam o total de 3.673 ligações

06/07/2021 14h07
Por: Luciana Bonfim
Fonte: SESP-MT

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), recebeu, neste primeiro semestre de 2021, 3.673 denúncias anônimas. Os registros foram feitos por meio do Disque-Denúncia da Polícia Judiciária Civil (197) e o Disque Denúncia Estadual (181).

O ranking é liderado pelas denúncias de tráfico de drogas, que somaram 1.296 ligações anônimas. Já a segunda modalidade de crime mais denunciado foi estelionato/fraude, com 412 registros e em terceiro lugar, maus tratos contra animais, com 223 ligações.

Em relação às denúncias de tráfico de drogas, a gerente de Denúncias Anônimas do Ciosp, Daise Beckmann Luck, diz não ter alterado muito em relação ao mesmo período de 2020, quando foram registradas 1.385 ligações e também figurou como primeira modalidade no ranking.

Já as denúncias de estelionato cresceram, já que em 2020 foram registradas 289 ligações contra as 412 deste primeiro semestre. Na avaliação de Daise, a pandemia pode ter propiciado um maior tempo das pessoas na internet, logo uma maior probabilidade de crescimento de golpes aplicados.

“Os golpes de sites como OLX ou até mesmo de clonagem de WhatsApp, com pedido de dinheiro a familiares e amigos, têm se tornado muito comum. Até mesmo de pessoas que compram veículo pela internet, chegam a depositar o dinheiro e depois descobrem que não havia carro nenhum. Nós sempre orientamos as pessoas a estarem atentas a essas coisas para evitar perdas materiais”, pontuou Daise Luck.

Todas as denúncias recebidas na central são encaminhadas a uma unidade policial para verificação e, em seguida, tem início a investigação. Os canais de denúncia do 197 – que atendem Cuiabá e Várzea Grande – e 181 – para atendimento dos municípios do interior – funcionam 24 horas por dia, durante os sete dias da semana.

“A denúncia é feita completamente no anonimato, assegurado ao denunciante, até porque o que interessa para a segurança pública são as informações que essa pessoa tem para passar, para que então seja feita uma investigação acerca do fato. Faça sua parte, colabore, denuncie, ligue 197 e 181”, finalizou a gerente do Ciosp.

Outras denúncias

Entre outros tipos de denúncias que aparecem no levantamento do Ciosp estão uso ou porte de drogas (210 registros), formação de bando/quadrilha (195), crime ou infração ambiental (112), coronavírus – que engloba todas as denúncias relacionadas a descumprimento de medidas de segurança - (112), homicídio (89), roubo (86), ameaça (84), dentre outros.

Trotes

Vale lembrar que qualquer tipo de falsa comunicação de crime ou de contravenção também se enquadra como crime previsto no artigo nº 340 do Código Penal, cuja pena é detenção de um a seis meses ou multa.

Os trotes não só prejudicam o trabalho das forças de segurança, como também geram prejuízo ao Estado, principalmente quando há o deslocamento de viaturas e de servidores das forças de segurança.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários