Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
FURNAS

Diretor de Furnas é convocado para explicar mortandade de peixes no Lago de Manso

Empresários que atuam na região afirmam que os peixes mortos começaram a aparecer pouco depois do fim da frente fria

12/07/2021 09h29
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Olhar Direto

 Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa ouvirá na próxima terça-feira (13), o diretor de Furnas, responsável pela barragem de Manso, Clóvis Torres, para que ele explique o motivo da morte de pelo menos 40 toneladas de peixe na semana passada no lago, que fica em Chapada dos Guimarães. 


A convocação foi assinada pelos deputados Allan Kardec (PDT) e Wilson Santos (PSDB), em forma de convocação, porque um vídeo chocante circulou nas redes sociais e chamou atenção de todos pela quantidade de pescado morto. 

Para o deputado Allan Kardec, a explicação de Furnas é essencial para o início das investigações. "Foi feito uma convocação para o diretor de Furnas para que ele venha falar da mortandade de peixes e outras situações da barragem de Manso. Nós precisamos que Furnas fale conosco. Toda vez que tem uma dificuldade, a gente vai ao Manso e não é encontrado ninguém. Pois tudo lá é automatizado. O vídeo é chocante, aqueles produtores estavam esperando um retorno do investimento com a venda de peixe, que é tratado com  ração, isso é ruim para a fauna e flora de nossa região", comentou o deputado.

Um dos motivos da morte, que ainda é apenas especulada, seria a mudança climática da semana passada. Empresários que atuam na região afirmam que os peixes mortos começaram a aparecer pouco depois do fim da frente fria.

As imagens mostram uma grande rede de pesca lotada de peixes mortos. Além da rede, os pescadores também utilizam um barco para conseguir recolher a grande quantidade de animais mortos.  

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) informou que tomou conhecimento do fato e que irá verificar a ocorrência.

A secretaria observa que o fenômeno na água, registrado pelos pescadores, aparenta ser ocasionado por desestratificação térmica, que significa a falta de oxigênio na superfície por troca térmica da superfície com água mais profunda.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários