Selko Internet superbanner
Pelé supermercado
VACINA COVID-19

Mato Grosso recebe 141.090 doses de vacina nesta terça (20) e quarta-feira (21)

Estado já recebeu 2.297.250 doses de imunizantes contra a Covid-19 e aguarda a chegada da nova remessa

20/07/2021 10h15Atualizado há 2 dias
Por: Luciana Bonfim
Fonte: GOVERNO DE MT

O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 141.090 doses de vacinas para a imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. As doses chegarão em quatro remessas entre terça (20.07) e quarta-feira (21.07), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

A primeira remessa está prevista para chegar nesta terça-feira, às 10h20, por voos da Azul, com 17.900 doses da AstraZeneca e 29.800 doses da Coronavac. Já a segunda remessa deve chegar às 15h35, por voo da Latam, com um total de 19.890 doses da Pfizer.

A terceira e quarta remessa devem chegar ainda na terça, às 21h15, e na quarta-feira, às 00h40, respectivamente, por voos da Azul, com um total de 73.500 doses da Astrazeneca. 

Os públicos para os quais serão destinadas essas doses ainda estão sendo definidos e serão divulgados por meio da resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). 

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes, no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Simultaneamente à operação logística, as equipes administrativas trabalham na resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB), colegiado que oficializa o quantitativo de doses a ser destinado para os 141 municípios.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 2.297.250 doses de imunizantes contra a Covid-19.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários