Farmácia
Pelé supermercado
COLETA SELETIVA

Empresários de Chapada apresentam propostas sustentáveis para cidade

Nas duas primeiras lives da conferência livre em Chapada, empresários apresentam propostas sustentáveis como coleta seletiva de lixo e turismo de base comunitária .

26/08/2021 11h10Atualizado há 4 semanas
Por: Luciana Bonfim
Fonte: DA ASSESSORIA
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 Integrando a programação das conferências livres em Chapada dos Guimarães, as duas primeiras, das cinco lives que antecedem a conferência,  a ser realizada no próximo dia 4 de setembro, reuniu nos últimos dias 23 e 24, empresários do turismo e do ramo de bares e restaurantes. 

Foram debatidas propostas de ações sustentáveis como diferencial para a cidade. O empresariado local está preocupado com a preservação do meio ambiente e com a infraestrutura do município (estradas, pontes, calçadas e praças, saneamento básico, regularização fundiária, conservação de rios, nascentes e córregos). 

Existe o consenso de que o destaque por boas práticas ambientais, atende o apelo por inovação e sustentabilidade em cidades turísticas, cuja sobrevivência depende da preservação de suas águas e belezas naturais.

Foram priorizadas propostas para o setor de reciclagem e coleta de lixo, educação ambiental e turismo de base comunitária.

O evento é uma realização da Sociedade Civil Organizada por uma Chapada melhor e o Ministério do Desenvolvimento Regional. 

Antes da conferência, serão realizadas mais três lives via Meet.

Dia 25/08/21, às 16 h, com comércio local (empresários supermercados, construção civil, hortas).

Dia 26/08/21, às 16 h, cooperativas, associações, condomínios, instituições religiosas. 

Dia 27/08/21, às 16 h, representantes do agronegócio e indústria (psicultura)  

PROPOSTAS DE COLETA SELETIVA DE LIXO 

1. Ampliar a educação ambiental e a sensibilização na fonte geradora, promovendo preservação ambiental e valorização de catadores, organizada de forma planejada, em atendimento por etapas, nos bairros do munícipio.

2. Promover estímulo ao comércio local para a prática de coleta seletiva em seus estabelecimentos, através de lei de incentivo, como por exemplo, desconto no IPTU.

3. Promover ações de geração de emprego e renda para os rejeitos da construção civil;

4. Promover ações de descarte de eletrodomésticos e lixo eletrônico, em parceria com o terceiro setor, visando o atendimento a uma demanda social;

5. Promover campanha educativa contínua para descarte de medicamentos, em razão de suas características perigosas, especialmente diante da ausência efetiva de tratamento de esgoto e água.

6. Garantir uma boa gestão do aterro sanitário para destinação final do lixo, de modo a não continuar sendo apenas um lixão. 

7.  Criar selo local para comércio e serviços que realizam a coleta seletiva adequadamente, sendo o selo gerido pela Sociedade Cívil Organizada Por Uma Chapada Melhor, em parceria com a Coopchamar.

8. Promover campanhas de valorização, relacionadas a empreendimentos que praticam a coleta seletiva e ações sustentáveis, criando destino turístico inclusivo e coletivo;

9. Criar e promover estabelecimentos sustentáveis como marketing de destino turístico;

10. Estimular que empreendimentos locais conquistem selos de qualidade e ambiental, motivando boas práticas de sustentabilidade.

11. Promover atividades formativas de reutilização de materiais descartados , fomentando a arte e a cultura na comunidade.

PROPOSTAS TURISMO DE BASE COMUNITÁRIA E AÇÕES SUSTENTÁVEIS 

1. Promover políticas públicas para o fortalecimento do destino turístico, em atendimento às demandas coletivas e, prioritariamente, que comprovem a sustentabilidade (econômica, social e ambiental), valorizando as comunidades locais.

2. Revisar e ou propor leis ambientais que promovam a sustentabilidade e a preservação das águas, visando a qualidade de vida no território;

3. Adotar programas de referência nacional , a exemplo, do Programa Lixo Zero e Programa Cidades Turísticas;

4. Promover a regularização fundiária, a manutenção de estradas e vias, pontes e áreas de lazer, calçadas, saneamento básico em todo o território de Chapada dos Guimarães.

5. Promover programas de educação ambiental contínuo nos mais diferentes contextos;

6. Criar banco de sementes e de reprodução de espécies do Cerrado, promovendo a preservação de nascentes e a produção de alimentos originários do bioma.

7. Implementar programa, visando legalizar atividades da área do turismo de forma coletiva e ampla, atendendo a todos os requisitos legais e ampliando com a formação técnica para o atendimento ao turista.

8. Promover ações/projetos/programas,  que promovam a “formalização” de Chapada como Geoparque, garantindo sua preservação, a inclusão de atividades sustentáveis para as comunidades locais, a serem geridas por este conjunto de atores, somando com as demais atividades do destino turístico;

9. Criar mecanismos de fiscalização das leis existentes e da transparência na divulgação destas, de forma clara e de entendimento para o conjunto de cidadãos;

9. Promover estudos e pesquisas específicas para o atendimento, fortalecimento, e/ou criação de unidades modelos de turismo de base comunitária, integrando poder público e todos os atores da comunidade alvo.

10. Promover atividades de legalização de todos os setores do trade turístico, de acordo com as leis e normas vigentes, visando a valorização do destino turístico e do conjunto de integrantes, sem distinção.

11. Promover a agricultura familiar com fomento financeiro, assistência técnica, certificações e outros itens que promovam a sustentabilidade das comunidades rurais e a segurança alimentar.

12. Promover o planejamento estratégico participativo sem distinção entre todos os atores do trade turístico.

13. Criar programa local que promova e agregue valor aos produtos e sub produtos do Cerrado.

Maiores informações 

Contato: 65 99292-1111

Link para inscrição para grupos de trabalho: 

https://forms.gle/T5e21igKhZJbyuXr6

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários