Pop up Farmácia Ultra
Farmácia
CORAÇÃO

Setembro Vermelho, o mês do coração !!

No Brasil, há 14 milhões de pessoas com doenças cardíacas e 380 mil morrem todos os anos.

SAÚDE E BEM-ESTAR

SAÚDE E BEM-ESTARNesta coluna você vai encontrar dicas de saúde, alimentação e tudo para o bem-estar de seu corpo e mente.

29/09/2021 09h45
Por: Luciana Bonfim
Fonte: DA ASSESSORIA

O mês de setembro além de ser chamado de Amarelo com a campanha para previnir suicídos também é Vermelho em homenagem ao Dia Mundial do Coração, que tem sua data oficial comemorada no dia 29 de setembro. Uma inciativa criada em 2000 pela Federação Mundial do Coração com apoio das Nações Unidas. Desde então, diversas organizações no Brasil e no mundo realizam ações para lembrar a data. 

O coração e as doenças cardiovasculares estão muito em dicussão pelo agravante de casos pós-covid e aí surgiu a necessidade de se aprofundar mais nos estudos e cuidados com  esse órgão tão importante para a vida. 

Com os casos de covid houve uma redução nas notificações de mortes por infarto e AVC, na ordem 12%, porém as notificações de óbito por doenças cardíacas por causa indeterminada no domicílio, no entanto, aumentaram 50%, informa a Sociedade Brasileira de Cardiologia. 

No Brasil, há 14 milhões de pessoas com doenças cardíacas e 380 mil morrem todos os anos. 

Tirando os casos de quem teve covid e de alguma forma afetou o coração e são um caso a parte, cerca de 80% das doenças cardíacas podem ser evitadas com  gestos simples como alimentar-se bem : Busque uma dieta equilibrada com proteínas, aminoácidos, fibras, carboidratos, gorduras e ácidos graxos. Alimentos como abacate, aveia e azeite de oliva extra virgem, na quantidade equivalente a duas colheres de sopa por dia cada, ajudam a diminuir o colesterol ruim. O consumo diário de sal não deve ultrapassar 6 gramas; e de açúcar 25 gramas. Já o consumo de bebidas alcoólicas deve ser evitado, não ultrapassando 1 dose diária de qualquer bebida para as mulheres e 2 para os homens. 

Faça atividade física Caminhar 1 hora por dia já reduz os riscos de doenças cardiovasculares. Limpar a casa, varrer o jardim, passear com o cachorro e subir escadas também são atividades físicas que nos ajudam a quebrar o sedentarismo. 

Evitar  o tabaco e outras drogas fazem mal ao coração e não devem ser consumidos. 

Se for hipertenso ou diabético, siga o tratamento corretamente conforme a orientação médica e, se estiver acima do peso, perca peso. A partir dos 30 anos de idade, geralmente começam a ser realizados os check-ups cardíacos, mas pessoas com histórico familiar de problemas no coração podem começar antes. 

Conheça 8 fatores que podem contribuir para a incidência de casos de doença do coração: 

Estresse:  Muita tensão não faz bem, pois libera altos níveis de adrenalina e cortisol, gera arritmia e sobrecarrega o coração. 

Colesterol :Há 2 tipos, o LDL que é ruim, porque eleva os riscos de infarto, e o HDL que é bom, pois reduz riscos de formação de gordura. 

Drogas e Álcool : O uso em excesso provoca um efeito explosivo, que pode causar desde arritmia até a morte. 

Diabetes : Nos homens, a doença pode aumentar em 40% o risco de infarto e nas mulheres sobe para 50%. 

Gordura abdominal : Se for homem e a medida for superior a 94 cm, ou mulher e a cintura medir acima de 80 cm, deve tomar cuidado! 

Hipertensão :O fluxo de sangue nas artérias fica dificultado com a pressão alta podendo provocar infarto, AVC e insuficiência cardíaca. 

Obesidade : O acúmulo de gordura pode provocar insuficiência cardíaca e gerar outros fatores de risco. 

Tabagismo :O cigarro é inimigo do coração. O fumante tem o dobro de risco de ter um ataque cardíaco. 

Max Lima é médico especialista em cardiologia e terapia intensiva, conselheiro do CFM, médico do corpo clínico do hospital israelita Albert Einstein, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso(SBCMT), Médico Cardiologista do Heart Team Ecardio no Hospital Amecor e na Clínica Vida , Saúde e Diagnóstico. CRMT 6194

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários