Notícias de Chapada
Farmácia
DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

Denúncia de construção e desmatamento em matas ciliares movimenta Sema e prefeitura

Construções e desmatamento às margens do córrego Vassoural e da cachoeira da Geladeira estão destruindo matas ciliares

09/11/2021 17h50
Por: Laura Matos Lucena
Fonte: Da redação

Equipes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e da Prefeitura de Chapada dos Guimarães, no final da tarde desta segunda-feira, nesta terça-feira, 09.11, foram conferir “in loco” denúncias de construção de uma casa e de desmatamento às margens do córrego Vassoural, que abastece a estação de captação de água do Zelito.

A notícia das ações dos órgãos ambientalistas chegou até a reportagem quando esta matéria estava sendo finalizada. Esta foi a segunda denúncia que a reportagem recebeu no final de semana que passou dando conta de construções irregulares às margens de córregos.

A primeira foi feita por moradores e turistas de Chapada dos Guimarães que estiveram no domingo, 08.11, visitando a cachoeira da Geladeira, onde se depararam com uma enorme construção às margens do rio, inclusive, com máquinas cortando as pedras.

Conforme esta segunda denúncia, os construtores represaram a água da cachoeira da Geladeira, o que teria reduzido a quase zero água da cachoeira do Maribondo. As duas cachoeiras mencionadas são muito frequentadas por turistas e moradores, pois ficam a 12 km do centro da cidade e muito próximas uma da outra, na estrada municipal que liga a sede de Chapada dos Guimarães à Cachoeira Riva, no vilarejo do Péba/Àgua Fria.

São cachoeiras próximas e que podem ser visitadas sem guia. A cachoeira da Geladeira fica em propriedade particular e os proprietários cobram 10 reais por pessoa. A do Maribondo atualmente está fechada, mas os visitantes sempre dão um jeito de chegar até o lago.

Ambas as cachoeiras mencionadas formam um lago onde é possível nadar. A da Geladeira é uma descida de 600 metros aproximadamente. A do Maribondo uns 200 metros.

Os denunciantes pediram para não serem identificados, alegando que todos falam em nome da comunidade e em defesa da qualidade da água que é canalizada e distribuída para as moradias chapadenses.

Uma bióloga explicou queo córrego Vassoural, juntamente com o Lonjolinho, é um dos principais formadores da estação de captação do Zelito. “Temos um pedacinho de terra alí perto e nos últimos cinco anos temos presenciado uma degradação absurda”, assinalou a bióloga

Segundo ela foram construídas muitas casas às margens do Vassoural, mas as pessoas não estão tendo os cuidados necessários.  “Estão retirando a mata ciliar que protege os rios. Toda ata ciliar é Apa (Área de Preservação Permanente)”, alertou a bióloga.

Uma APA assim, vale alertar, não exige a desapropriação dos proprietários de terra, mas exige cuidados, principalmente às margens dos riachos e córregos, rios e lados. Toda a região de Chapada dos Guimarães fica no entorno do Parque Nacional e é uma APA, uma unidade de conservação estadual. Ou seja, todo o entorno do Parque Nacional é uma zona de proteção e de uso restrito.

A bióloga com a qual a reportagem falou, esclareceu que o desmatamento da mata ciliar no córrego Vassoural pode terminar por inviabilizar a captação de água da estação Zelito. Isso sem mencionar o assoreamento dos canais de água, como observou a bióloga. “ Nos últimos cinco anos observamos a diminuição da água da microbacia em questão, causado pelo desmatamento às margens do rio e construções sem observar critérios técnicos”, ensinou.

Toda Chapada dos Guimarães, tanto área urbana quanto todo o entorno do Parque Nacional está dentro da APA de Chapada, unidade de conservação estadual. E mesmo que não fosse, as matas ciliares são protegias pela legislação ambiental.

MATAS CILIARES

Matas ciliares são florestas, ou outros tipos de cobertura vegetal nativa, que ficam às margens de rios, igarapés, lagos, olhos d´água e represas. O nome “mata ciliar” vem do fato de serem tão importantes para a proteção de rios e lagos como são os cílios para nossos olhos.

Já as reservas legais são as áreas de propriedade rural particular onde não é permitido o desmatamento (corte raso), pois visam manter condições de vida para diferentes espécies de plantas e animais nativos da região, auxiliando a manutenção do equilíbrio ecológico. Contudo, as florestas situadas nas reservas legais podem ser manejadas e exploradas com fins econômicos.

As pastagens são a principal razão da destruição das matas ciliares. A maior umidade das várzeas e beira de rios permite melhor desenvolvimento de pastagens na estação da seca e, por essa razão, os fazendeiros recorrem a essa opção mais simples.

O desmatamento é outra causa. A Amazônia sofre, ainda hoje, um processo de diminuição contínua devido às políticas de incentivos à pecuária e culturas de exportação (café, cacau etc). O aumento das populações rurais e a prática de sistemas de produção que não são adaptados às condições locais de clima e solo têm sido fatores responsáveis pela destruição de vastas extensões de florestas nativas na região.

Alguns produtores também desmatam para que os igarapés aumentem a produção de água no período de estiagem. Esta realidade deve-se ao fato de as árvores deixarem de “bombear” água usada na transpiração das plantas. Contudo, pesquisas mostram que esta prática, com o tempo, tem efeito contrário, pois com a ausência da mata ciliar ocorre um rebaixamento do nível do lençol freático (de água).

Também as queimadas, utilizadas como prática agropecuária para renovação de pastagens ou limpeza da terra aparecem como causas de degradação. O efeito das queimadas leva ao empobrecimento progressivo do solo.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Chapada dos Guimarães - MT
Atualizado às 18h04
32°
Pancada de chuva Máxima: 32° - Mínima: 21°
36°

Sensação

10.8 km/h

Vento

56.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Arranha Céu farmácia Ultra
Kombuxaê
anuncie aqui
Blogs e colunas
Rua Antiga
anuncie aqui
Últimas notícias
Mais lidas
anuncie aqui
Anúncio