Sexta, 20 de Maio de 2022
65 99313-1286
Cultura MULTICULTURA

Encontro Multicultural da América Latina reúne líderes ribeirinhas, quilombolas e indígenas de três Estados

O evento conta com a parceria do Governo de MT e visa debater o turismo de base comunitária, compartilhando as experiências sustentáveis desenvolvidas em cada localidade

29/03/2022 15h02
Por: Luciana Bonfim Fonte: GOVERNO DE MT
Encontro Multicultural da América Latina reúne líderes ribeirinhas, quilombolas e indígenas de três Estados

Representantes de comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas de três estados participam da primeira etapa do Encontro Multicultural da América Latina que ocorre até esta terça-feira (29.03), no Cine teatro de Cuiabá. O evento visa debater o turismo de base comunitária compartilhando as experiências sustentáveis desenvolvidas em cada localidade.

Na abertura oficial do evento, que aconteceu na noite dessa segunda-feira (28.03), houve apresentação cultural, desfile de moda indígena com peças confeccionadas por estilistas das etnias Bakairi, Paresi e Kamayurá e a abertura da feira de artesanatos que ficará aberta ao público até sexta-feira (01.04).

O evento também contou com palestras e debates voltados às lideranças femininas comunitárias. A primeira delas foi apresentada pela indígena da etnia Kambeba e gerente Restaurante Sumimi, na comunidade Três Unidos, em Manaus (AM), Neurilene Cruz Kambeba.

Outra palestrante foi a líder ribeirinha e vice-curadora da Global Shapers Manaus, rede mundial de jovens apoiada pelo Fórum Econômico Mundial (WEF), Odenilze Ramos.

A quilombola da comunidade Mumbuca, guia turística no Jalapão e assessora na comercialização das biojoias de capim dourado, Ilana Cardoso, também levou seu conhecimento aos participantes do evento.

O encontro é promovido pela empresa GoMartins e Associação Indígena Ahukugi, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Secretaria Adjunta de Turismo de Mato Grosso (Seadtur), Casa Civil, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural(Empaer) e apoio do Descubra Mato Grosso, Observatório do Terceiro Setor, Programa MT Criativo, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso (Abrasel-MT), Cine Teatro Cuiabá e Karu Chanel.
 
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, o investimento do Governo do Estado só vem contribuir com o crescimento do setor.

“O Estado tem investido nos diversos setores produtivos, receitas que estão chegando a todas as áreas. Nesse caso, são recursos públicos aplicados estrategicamente na cultura local, para incentivar o desenvolvimento das populações ribeirinhas, quilombolas e indígenas de Mato Grosso.'', explica.

Durante o evento, o secretário Adjunto de Turismo, Jefferson Moreno, destacou que este é o primeiro de muitos projetos que serão feitos em parceria com outros órgãos do Governo, com foco no turismo de base comunitária.

“Este é um trabalho feito a muitas mãos, envolvendo várias secretarias, são ações que estão saindo do papel, se tornando realidade. Temos um potencial turístico gigantesco em ecoturismo, o turismo de base comunitária tem muito a ser explorado e tenho certeza que essa iniciativa resultará em muitos frutos para as comunidades por onde passar”, frisa Moreno.

Sete etnias indígenas mato-grossenses participam do evento, são elas: Kuikuro, Umutina, Paresi, Bakairi, Guató, Chiquitanos, Kamayurá.

De acordo com o secretário Adjunto da Secel, Jan Moura, participar do evento é uma missão importante, já que a Secretaria tem trabalho uma política ampliada do conceito de cultura.

“A Cultura é um elemento fundamental para a transformação social, mas também para o desenvolvimento econômico dos povos. E o desenvolvimento a partir da cultura é mostrar às pessoas que suas práticas culturais, suas vivências podem e devem gerar emprego, renda e cidadania”, destaca.

O secretário enfatiza que atualmente a Secel está desenvolvendo editais de projetos dirigidos ao segmento, o que nunca aconteceu em governos anteriores.

Feira de artesanato 

Na feira de artesanato estarão expostos trabalhos como cestarias, bolsas, roupas indígenas, biojoias e cocares. O horário de visitação será das 9h às 18h. A entrada é gratuita.

Continuidade

A segunda etapa do Encontro Multicultural acontecerá no interior do Estado, entre os dias 31 de março e 06 de abril. De 31 de março a 02 de abril, o evento será na Aldeia Afukuri, localizada na região do Xingu, em Querência. Ao longo dos três dias haverá roda de conversa e intercâmbio cultural com danças, contação de histórias e exposição de artesanato.

A etapa Campinápolis ocorre de 04 a 06 de abril, na Escola Municipal Anastácio Feliciano Alves (04.04), Escola Estadual Couto Magalhães (05.04) e Escola Municipal Carinho e Ternura (06.04).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias