Sexta, 20 de Maio de 2022
65 99313-1286
Cultura CHAPADA FAZ ARTE

Artistas de Chapada são contemplados com projetos do audiovisual

A sétima arte corre viva potencializando a cadeia produtiva e cultural do município

12/04/2022 11h55 Atualizada há 1 mês
Por: Luciana Bonfim Fonte: Da redação com informações do Governo do Estado
Artistas de Chapada são contemplados com projetos do audiovisual

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) publicou nesta segunda-feira (11.04) o resultado preliminar da fase de seleção do edital Audiovisual. Com investimentos de R$ 3 milhões, a seleção pública contempla 34 projetos, divididos nas categorias de curta-metragem, videoclipe, videodança e videoarte e Chapada dos Guimarães tem diversos projetos aprovados. Veja:

CURTA METRAGEM - FICÇÃO

Luiz Carlos de Oliveira Borges  - A favela sangra, a Amazônia arde

Cérberos Filmes - ME Outro Lugar 

CURTA METRAGEM – DOCUMENTÁRIO

Hozana Ferreira - Terceira Pessoa

 Aluízio de Azevedo  -  Caminhos Ciganos

CURTA METRAGEM – ANIMAÇÃO

Anne Mathilde - Sereno de Amor 

VIDEOARTE

Juliana Queiroz - Macunaíma do Cerrado 

A lista completa dos projetos aprovados está disponível no site www.secel.mt.gov.br/editais (link aqui).

Na categoria curta-metragem foram selecionadas 10 obras audiovisuais de ficção, 10 de documentário e mais duas de animação. Os valores dos projetos contemplados variam de R$ 80 mil a R$ 150 mil, de acordo com o formato. 

Na categoria videoclipe, foram aprovados 8 projetos de música no valor de R$ 30 mil cada um. Outros quatro projetos foram selecionados nas categorias videodança e videoarte, com valor de R$ 25 mil por audiovisual.

O prazo para apresentação de recurso dessa fase de seleção vai até quarta-feira (13.04). Para isso, o interessado deve preencher e assinar o Anexo VII do Edital, e enviar ao e-mail [email protected] A homologação do resultado final do edital Audiovisual será divulgada na próxima segunda-feira (18.04).

Considerado um dos segmentos mais estruturados da indústria criativa, o audiovisual movimenta tanto a economia quanto a geração de empregos diretos e indiretos. De acordo a superintendente de Economia Criativa da Secel, Keiko Okamura, o setor envolve diversas áreas de atuação, que incluem produção, criação, direção, cenografia e edição, dentre outras.

“O audiovisual é um setor de grande importância cultural, social e econômica. Além de movimentar os locais de produção, envolve uma cadeia produtiva dinâmica com potencial econômico e de divulgação da produção cultural do Estado”, explica.  

O edital Audiovisual foi lançado junto com outros dois editais de estímulo à economia criativa (Jogos Eletrônicos e MT Criativo). As três seleções públicas totalizam R$ 5,7 milhões em recursos e integram o maior programa de fomento à cultura da história de Mato Grosso.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias