teste
Anuncie Aqui topo
RETOMADA

Reabertos atrativos e complexos turísticos de Chapada dos Guimarães

Secretaria e Conselho Municipal de Turismo definiram os protocolos de segurança para a retomada dos eventos e reabertura dos atrativos turísticos em Chapada dos Guimarães

14/10/2020 14h37
Por: Luciana Bonfim
Fonte: Da redação

A Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães, em nota, comunicou que a Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente e Conselho Municipal de Turismo, após reunião, definiram os protocolos de segurança para a retomada dos eventos e reabertura dos atrativos turísticos em Chapada dos Guimarães.

Segundo nota, o município se mantém com a classificação de risco baixo o "Decreto Municipal N.082/2020, dispõe sobre a flexibilização das medidas farmacológicas de combate ao Covid-19, para realização de eventos e reabertura dos atrativos turísticos". 

Todos deverão cumprir os protocolos de segurança, segundo Decreto, que foram estabelecidos pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente em conjunto com o Conselho Municipal de Turismo. 

Nenhum atrativo e/ou complexo turístico localizado no Município de Chapada dos Guimarães/MT, poderá funcionar sem uma certificação expedida pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente. 

 Ficam liberados a realização dos seguintes tipos de eventos: 

 I - eventos sociais com no máximo 100 (cem) pessoas por evento, respeitado o limite de 50% (cinquenta) por cento da capacidade máxima do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre pessoas.

II - eventos corporativos, empresariais, técnicos e científicos, com no máximo 200 (duzentas) pessoas por evento, respeitado o limite de 50% (cinquenta) por cento da capacidade máxima do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre pessoas. 

 A liberação do alvará para a realização dos eventos ficará condicionada a ao protocolo de segurança estabelecido pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente e Conselho Municipal de Turismo, que também fará análise prévia de viabilidade do cumprimento do protocolo de segurança a ser realizada pela própria Secretaria. 

 O pedido de liberação do alvará, deverá ser protocolado na Prefeitura, com no mínimo, 07 dias úteis de antecedência. 

 Na data do evento, a fiscalização deverá realizar uma vistoria prévia, para constatar se do protocolo de segurança está sendo cumpridoo, devendo, em caso de alguma inconformidade, suspender o alvará até a sua adequação. 

 Acesse o DECRETO MUNICIPAL N.082/2020

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários